ACIEI COMEMORA DIA INTERNACIONAL DA MULHER

Para comemorar o Dia Internacional da Mulher, lembrado em 08 de março, a Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Itajubá – ACIEI, com apoio do SEBRAE, promoveu um encontro com convidadas (e convidados) de diversos setores da comunidade. A noite começou com a apresentação da empreendedora Maria Carla Reis, em um bate-papo sobre “Propósito: escolhas e caminhos para uma carreira brilhante” e foi finalizada com um coquetel de confraternização.

O presidente da ACIEI, Hector Gustavo Arango, abriu o evento parabenizando as mulheres e destacando a participação delas na sociedade. Já Maria Carla falou sobre autoestima, atitude e autoconhecimento. “Tudo que acontece conosco tem um propósito, deve nos ensinar alguma lição. Mas, não adianta só pensar dessa forma, é preciso ter atitude”, disse ela durante sua apresentação.

(Foto): O presidente da ACIEI, Hector Gustavo Arango, com a esposa Elza Arango (à dir.) e a palestrante Maria 

Presente no encontro, a Policial Militar Ana Paula Dias Marques falou sobre a força que as mulheres demonstram diante da vida. “Acho que a mulher é um diferencial na nossa sociedade, por acreditar, por perseverar e realmente fazer a diferença”, destacou. Já a empresária Rosemeire da Silva Ribeiro (Meire Despachante) frisou que é preciso sim essa data especial para lembrar a todos o valor das mulheres. “A mulher precisa ser vista como uma profissional, empreendedora, abrindo cada vez mais espaço para nós mulheres”.

Empreendedorismo feminino é destaque no Brasil

Segundo dados de 2018, divulgados na pesquisa Global Entrepreneuriship Monitor (GEM), dos 52 milhões de empreendedores brasileiros, 24 milhões são mulheres. Em 49 países que participaram da GEM 2018, o Brasil teve a 7ª maior proporção de mulheres entre os Empreendedores Iniciais (negócios com até 3,5 anos de existência).

(Foto): A analista do SEBRAE, Andresa Cristina da Silva (à esq.); o gerente da ACIEI, José Geraldo Nadur (à dir.); e Maria Carla 

Quando falamos dos Microempreendedoras Individuais (MEI), as mulheres também ocupam lugar expressivo. Uma pesquisa do SEBRAE revela que, em 2020, as mulheres representam 47% do total de empreendedores formalizados nesta categoria no Brasil. “55 por cento, ou seja, a maior parte delas, está envolvida com atividades nos setores de alimentação, moda e beleza, e trabalham predominantemente em casa”, completou a Analista do SEBRAE em Itajubá, Andresa Cristina da Silva.

Programa “SEBRAE delas”

Com o objetivo de apoiar o empreendedorismo feminino e ajudar a tornar os seus negócios mais competitivos, o Sebrae criou um programa exclusivo para as mulheres: o Sebrae Delas. Nele estão contempladas diversas ações para incentivar, apoiar e fortalecer a cultura empreendedora entre as mulheres. “Além de capacitar, o programa busca estimulá-las a serem protagonistas, e desenvolver uma boa gestão, além de trabalhar suas habilidades empreendedoras”, finalizou Andresa.

Confira todas as fotos na nossa página oficial no Facebook: CLIQUE AQUI