DIA NACIONAL DE COMBATE AO ABUSO E À EXPLORAÇÃO SEXUAL INFANTIL

Acontece na próxima quinta-feira, 18 de maio, a mobilização pela conscientização do Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Infantil e também o Lançamento da Campanha "Eu Sou Mão Forte em Defesa da Família". O evento será realizado no Teatro Municipal Christiane Riêra, às 19h30, com entrada gratuita.

Neste ano, o Tema será “FAMÍLIA, A ORIGEM DE TUDO”. Além de falar dos problemas, o objetivo é entender como a sociedade pode combater a violência sexual contra crianças e adolescentes, por meio do fortalecimento das famílias.

Essa iniciativa conta com o apoio da Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Itajubá - ACIEI; da Secretaria de Desenvolvimento Social de Itajubá; do Conselho de Pastores e Ministros Evangélicos de Itajubá e Região;  do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente; da Pastoral da Criança; da Empresa GIMA; do 4º Grupo de Escoteiros de Itajubá;  da Camale Design e da Campanha “Eu Sou Mão Forte Em Defesa da Família” da ONG Ricardobueno.org.

Mais informações:

Porque essa data é importante?

Devido ao número assustador de casos de violência sexual contra crianças e adolescentes no país, esta data foi criada com o intuito de ajudar a combater este mal que destrói a vida de milhares de crianças e adolescentes todos os anos.

A escolha desta data é em memória do “Caso Araceli”, um crime que chocou o país na época. Araceli Crespo era uma menina de apenas 8 anos de idade, que foi violada e violentamente assassinada em 18 de maio de 1973. Este crime, apesar de hediondo, ainda segue impune.

O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes foi instituído oficialmente no país através da lei nº 9.970, de 17 de maio de 2000.

No Brasil, o Disque 100 é um serviço gratuito disponibilizado pela Secretaria dos Direitos Humanos da Presidência da República que registra denúncias anônimas de crianças e adolescentes que se sintam ameaçados ou que sofreram qualquer tipo de abuso ou exploração sexual.

Abuso sexual x Exploração sexual

Não apenas o abuso sexual, mas também a exploração sexual é combatida nesta data. Muita gente confunde o significado do abuso sexual com a exploração sexual. São duas coisas diferentes. A exploração sexual consiste em usar a criança ou o adolescente como meio de faturar dinheiro, oferecendo o menor como “ferramenta” de satisfação sexual.