ACIEI PROMOVE CAMPANHA FAÇA UMA CRIANÇA FELIZ NO NATAL

A Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Itajubá – ACIEI realiza este ano a primeira edição da Campanha “Faça uma criança Feliz no Natal”, com o objetivo de proporcionar um momento especial às crianças carentes. Desta vez, a ACIEI selecionou duas entidades para serem beneficiadas: o Instituto Anjo Acolhedor e a Associação Viva a Vida.

Quem quiser participar poderá escolher uma das crianças atendidas pelas instituições e presenteá-las com brinquedos, roupas ou calçados. As listas de presentes já estão disponíveis nas parceiras Casa América e Casa Vera Cruz Florarte*, no centro da cidade.

Saiba abaixo como presentear. Você também pode deixar o presente na ACIEI ou solicitar a retirada em sua casa ou empresa!

As doações poderão ser entregues até o dia 31 de dezembro. Na segunda semana de janeiro a ACIEI irá promover duas festinhas nas instituições para a entrega dos produtos. Todos os colaboradores da campanha são convidados a participarem e conhecerem de perto a realidade dos menores atendidos, além de proporcionar momentos de carinho e alegria para eles.

A campanha visa proporcionar um momento de alegria às crianças atendidas pelas instituições e ainda chamar a atenção da comunidade para o trabalho realizado por essas entidades assistenciais, que precisam de apoio não apenas no Natal, mas durante todo o ano.

O gerente da ACIEI, José Geraldo Nadur, explicou que este ano a Associação Comercial decidiu voltar a campanha para as crianças e também dar visibilidade a outras entidades de Itajubá. “Nós realizamos por 10 anos a Campanha “Faça um idoso feliz no Natal”, que sempre foi muito bem acolhida pela comunidade. Este ano resolvemos abrir espaço para outras entidades, já que tantas delas precisam do apoio não só da ACIEI como de toda a comunidade”, concluiu.

As entidades

O Instituto Anjo Acolhedor atende crianças de 0 a 12 anos em situação de vulnerabilidade, que por alguma razão precisaram ser retiradas das famílias para receberem acompanhamento. Também recebe meninas, de até 18 anos. Já Associação Viva a Vida auxilia crianças com câncer ou filhas de pacientes em tratamento.